segunda-feira, 19 de março de 2012

Simplicidade

É interessante como não estamos acostumados com a simplicidade das coisas...
Pra nós tudo precisa ter uma explicação ou uma organização complexa.
Organizamos a nossa sociedade de forma tão complexa, que as vezes é difícil de entender.
Pra Cristo tudo era simples, mas o ser humano fez o simples, complexo.
Das palavras de Cristo, criamos doutrinas, costumes, fizemos exegeses exageradas, com uma hermenêutica alucinada, de modo que alguém que abre o Evangelho e analisa com a "igreja" vigente, não entende nada, pois uma coisa difere totalmente de outra.
E tem gente que acha que não sabe entender o que está escrito, posto que o ensino é diferente da Escritura.
Criamos uma religião: O Cristianismo.
O Cristianismo não foi Jesus Cristo, não foi Pedro, não foi Paulo e nem João que criou, ele é uma aberração criada pelo Imperador Constantino, que viu nos cristão do século III uma unidade e juntou elementos do paganismo (templos, roupas sacerdotais, poder, recursos, etc.) e fundou esta religião.
Religião procura levar as pessoas a Deus de forma complexa, onde tudo tem um preço e as pessoas se salvam através de certas ações, costumes e comportamentos.
O Evangelho, no entanto, diz que ninguém é digno do reino dos céus, este é uma presente de Deus para o ser humano e todo preço foi pago por Jesus Cristo (Deus Filho) na Cruz.
É muito simples... é por isso que muitos não aceitam.


Que possamos andar na luz, como Ele na luz está.
E na luz, vemos que nossas obras são más, e que precisamos crer que só em Cristo há Salvação. Somente N'Ele, sem nenhuma complexidade da religião.
A partir disso, é ler os Evangelhos, para obter a compreensão de como Jesus andou e viveu e fez. Nós só podemos seguir os seus passos.
Assim a Graça gera em cada um de nós boas obras e costumes, sem esforço. Isso é um presente de Deus para todos os seres humanos que crerem.
Simples assim...

terça-feira, 13 de março de 2012

Canal de Pregação

A partir de hoje, este vai ser meu principal ponto de divulgação do Evangelho.
Sim só o Evangelho, com toda a simplicidade.
Não vai ser um "papaguear" de receitas prontas, mas um convite para que você possa conhecer e s relacionar com Jesus Cristo, o Filho de Deus, que é Deus.
Este espaço, é livre, aliás a internet permite - me pregar sem nenhum constrangimento filosófico ou moral ou religioso.
Posso aqui me expressar com toda a clareza, sem que ninguém se sinta incomodado.
É um espaço livre, onde as pessoas podem provar, ver e comparar as minhas letras e aquilo que creio com o Evangelho.
Não vou ficar aqui escrevendo e citando versículos, para provar para as pessoas que estou dizendo conforme a Palavra. O Novo Testamento está livre para ser lido e compreendido conforme as ações e o Espírito de Jesus, visto que ele mesmo é a própria hermenêutica daquilo que se lê.
Àqueles que não concordarem com que escrevo podem com toda a mansidão e temperança discordar do que digo, postando no comentário. Pois ninguém nasce pronto, estou aprendendo e crescendo. Só não posso ir contra o Evangelho.

No Brasil há milhões de pessoas que já ouviram falar o nome de Jesus, centenas de vezes na vida. Mas nunca foram convidadas a conhecê-lo. Este é o meu convite.
Algumas mensagens que irei postar aqui, não são escritas por mim, mas por um monte de gente que no caminho da vida, encontrou a Jesus e reconheceu a Graça que emana D'Ele.

De coração

Amilton

De coração


Conheci muitos que me diziam a verdade...
Com o tempo e pelas suas ações vi que na verdade, somente repetiam o que haviam aprendido pelo conhecimento da letra.
Sem o Espírito da Vida, o homem não consegue alcançar a dimensão de uma vida.
Simplesmente existe...
Posto que a letra lida, não vira Palavra que entra na mente e que compungi o coração.
Eu também fui assim. Mas desde o momento em que vi que eu não era sal e nem luz, me desafiei a conhecer aquele que eu dizia que segui: Jesus.
Ele é a Verdade, foi ele mesmo que disse> Eu sou o Caminho, a Verdade e a Vida. Aquele que crê em mim, ainda que esteja morto viverá. 
Entendi o que é Vida em Liberdade.
Estava morto nas vias da religião e parti para a Vida. Posto que somente quem está ligado à Videira, possui vida. Se não é assim é um galho seco, que não produz nada, nem para si mesmo.

domingo, 11 de março de 2012

Dez coisas tão simples quanto essenciais a vida!



1.    Nunca descreia do poder do amor, ainda que você demore muito a ver os resultados;
2.    Não tema pedir em oração, pois o Pai tem prazer em nos ouvir pedindo em fé confiante; mas lembre que Deus não está preso à oração, posto que somente nos atenda naquilo que Ele, como Pai, não julgue que nos fará mal;
3.    Leia as Escrituras, especialmente a parte chamada de Novo Testamento; pois toda pessoa que, tendo tal chance, não a use, demonstra que não deseja mesmo conhecer a Deus; posto que seja pela leitura da Palavra que melhor se possa discernir a vontade de Deus;
4.    Exercite-se na dadivosidade e na generosidade, pois por tais exercícios seu coração se manterá sóbrio em relação a dinheiro e poder;
5.    Nunca fuja de uma necessidade humana que você possa ajudar a resolver... Seria como fugir de Jesus;
6.    Fuja do pensamento malicioso. Seja sábio e sóbrio, mas não olhe com malicia, posto que o olhar malicioso corrompa todo o seu ser;
7.    Cuidado com todas as raízes perversas... Sim, cuide de seu coração para que nele não cresçam as raízes da inveja, da amargura, da arrogância ou da auto-vitimização; pois essas são as piores raízes a serem deixadas vivas no chão do ser;
8.    Nunca se sinta importante, pois tiraria toda a sua naturalidade de ser e viver...; além de que tal sentir é a ladeira para o abismo;
9.    Nunca fuja de nenhuma verdade sobre você ou sobre quem você ame; pois, por tal evasão perde-se o discernimento e mergulha-se o ser no escafandro do auto-engano no fundo de um mar de rochas... Além disso, quem determina um auto-engano no pouco, esse será enganado no muito;
10.    Ame a Deus e ao próximo; e não existirá lugar para ídolos em seu coração.
Estas são coisas simples e vitais... E aqueles que as seguem sempre são bem-sucedidos em tudo o que fazem; posto que seu fluxo de energia decorra da fonte do que é em Deus.