sábado, 12 de abril de 2014

Tempos de Reflexão


Consumismo, política eclesiástica, verdades e mentiras...
Quem somos e qual o nosso objetivo enquanto pessoa nesta terra?
Qual o amor de verdade? Amo meus semelhantes ou somente as pessoas que se alinham comigo?

Passei um ano refletindo sobre estas coisas. Tive que dar um novo rumo pra minha vida...
deixei de pensar em meu próprio umbigo e comecei a dar rumo à minha vida, com um norte.
Palavras de Vida são aquelas que são Fiéis e Verdadeiras.

Sentimento e Alma enganam e ás vezes embotam nossos sentidos.
A fé viva é aquela que anda na des-conformidade das coisas.

Que Deus de hoje em diante guie-me em verdade, com os pés firmados na rocha e que a minha vida seja para servir em verdade aos meus irmãos, deixando de alimentar sistemas perversos de captação de recursos (humanos, espirituais e materiais) e embotamento do sentido da vida.

Nenhum comentário:

Postar um comentário